nosso próximo evento:

20 | 21H | CHOPERIA ARCHIMEDES (UBERABA/MG)

pablo carvalho

Hoje com 33 anos, vocal, violão e gaita, começou sua vida musical na igreja no fim dos anos 90 onde teve seus primeiros passos na música ao lado de seu Padrinho Luis Humberto Miquelino e Marco Túlio “Trovão”. Autodidata com instrumento de cordas, ele é a voz principal do grupo e têm uma forte extensão vocal. Com influência das bandas Beegees, Scorpions, Jamiroquai, Pink Floyd, Led Zeppelin e Jason Mraz, por 10 anos trabalhou como vocalista de bandas baile. Destaque na Banda Vênus de Uberaba, Pablo já viajou por mais de 200 cidades com seus shows, tendo dividido o palco com grandes nomes da música nacional, como Dinho Ouro Preto da banda Capital Inicial. Dono de um timbre de voz muito elogiado e com uma extensão vocal bem ampla, esse é nosso vocalista principal.

Dudu Hermano

Atualmente com 32 anos, percussão, conhecido na música como Dudu Hermano, começou suas aventuras musicais aos 12 anos, em Poços de Caldas, na igreja que ele e sua família frequentavam. Tendo seu tio como grande incentivador, Dudu também sofreu influências da Banda Oficina G3, e então passou a tocar bateria. A partir daí, decidiu viver um pouco mais a música e começou a tocar e cantar com sua banda pelo Sul de Minas. Uma curiosidade: seus primeiros passos na música não foram bateria ou percussão, e sim a guitarra e o baixo, instrumentos que o levaram a fazer trabalhos de freelancer em bandas do meio secular. Em Uberaba, após o brincadeiras de alguns amigos em 2012, resolveu se divertir com um Cajon. A partir dos convites ele passou a “fazer um som” em bares da cidade como freelance com mais de 25 músicos. Abnegado, decidiu levar mais a sério a percussão e hoje aqui está.
Sua influência musical e inspiração na bateria é o músico Alex González da Banda Mexicana Maná. Dudu Hermano concluiu a formação de DJ e aplica na percussão a influência da música Eletrônica, usa Pads Eletrônicos com partes de percussão Acústicas e “riffs” que complementam o estilo do Projeto Ao Cubo.

matt abdalla

Matheus Abdalla,
Conhecido como Matt Abdalla, 32 anos, baixolão, baixo elétrico e controlador, iniciou sua trajetória musical no ano de 1998, tocando violão. Fez sua primeira apresentação em 2001, em um evento de final de ano de sua escola, tocando três músicas, entre elas, “Let It Be”, famosa canção dos Beatles. Em meados de 2003, começou a se aproximar do baixo, instrumento que seu irmão havia ganhado de aniversário. Participou de um ensaio em uma banda de amigos, tocando o baixo de seu irmão e, foi amor à primeira vista (ou à primeira tocada), sendo que nunca mais largou o instrumento de 4 cordas. Influenciado por bandas de rock, tem como principal paixão e referência musical a banda inglesa Pink Floyd, em especial o vocalista e guitarrista da banda, David Gilmour. Matt tocou em várias bandas de rock, tendo alcançado os melhores resultados e maior presença e visibilidade com a banda Maddock (da qual foi fundador) desde o início de 2010 e saindo no final de 2014 para se dedicar exclusivamente ao Projeto ao Cubo. Em 2013, tocou com o tecladista Fábio Laguna (ex-Angra/Hangar), onde realizou mais dois shows com ele, e em 2014, com o saudoso vocalista André Matos (ex-Angra/Shaaman), o vocalista Ivan Sader (D’Chapas), o guitarrista Digão (Raimundos) e o vocalista Badauí (CPM22). Sua personalidade pode ser definida por tímida e calada em cima do palco, brincalhona e extrovertida fora dele.

digital

PLATAFORMAS

no

youtube